Para quem não a conhece, Aracaju é capital do Estado de Sergipe, e, apesar de ser a menos populosa das capitais nordestinas, sua localização é um importante ponto estratégico no que diz respeito a centro urbano, econômico, cultural e político para o país.
Algumas curiosidades
Aracaju é a capital com menor desigualdade do Nordeste. Com hábitos de vida mais saudáveis do país, ciclovias conservadas, com projetos de deslocamento urbano e considerada a capital do país com menor índice de fumantes, é um lugar para se viver bem.
A capital de Sergipe também é considerada uma das mais baratas para se viver, tendo focado mais recentemente suas ações turísticas na criação de alojamentos coletivos de qualidade, tais como os mundialmente conhecidos hostels.

Origem do nome
O nome "Aracaju" pode ter origem no termo tupi arákaîu, que significa "cajueiro das araras" (ará, arara + akaîu, cajueiro) traduzido diretamente do tupi é cajueiro das araras.
Conta-se que antigamente, onde hoje está a Avenida Ivo do Prado, era a Rua da Aurora, rua que serviu de base para que se projetassem todas as outras do centro da cidade, onde hoje também se encontra a praça Olímpio Campos, ou praça da Catedral. Nessa rua, havia vários cajueiros em toda a sua extensão e alguns papagaios e araras pousavam nos galhos para comer e descansar. Desse fato, temos a visão de onde surgiu o nome Aracaju (ara= arara ; caju= cajueiro). 

Praia de Atalaia
A Praia de Atalaia possui mar agitado, sendo muito procurada por surfistas. Sua orla de areia grossa atrai dia e noite moradores e visitantes, não é por acaso. Com uma das melhores infraestruturas de Sergipe, Atalaia tem a orla mais completa para diversão e lazer. 
 
Com seis quilômetros de extensão, o local conta com o Centro de Arte e Cultura de Sergipe e, na época de São João, o local se transforma em uma vila inteira com muito forró e quitutes. Um pouco para frente está a sede do Projeto Tamar de preservação das tartarugas marinhas. Se você visitá-lo na hora do almoço dos bichinhos, você poderá ter a oportunidade de dar na boca a refeição do tubarão.


Museu da Gente Sergipana
O prédio foi construído em 1926 que hoje abriga o museu era conhecido na capital sergipana como Atheuzinho. Ele foi restaurado pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese), em parceria com o Governo do Estado. O museu ganhou o prêmio O Melhor da Arquitetura em 2012 e foi eleito a Atração do Ano em 2013. 
Inaugurado como museu em 2011, abriga um espaço multimídia de última geração, sendo comparado em pé de igualdade com grandes museus, como o Museu da Língua Portuguesa, de São Paulo.

O Museu se apresenta como o “primeiro museu de multimídia interativo do Norte e Nordeste”. Na entrada há uma mapa interativo do Estado de Sergipe,onde é possível ouvir o sotaque dos habitantes de cada região.

Parque da Cidade
Com muita natureza, o Parque da Cidade é utilizado pela população local para curtir momentos de lazer e fazer caminhadas. Como é uma região de montanha, se você quiser subir a pé para conhecer o parque todo, é importante ir bem disposto.
Além disso, o Parque da Cidade de Aracaju é um dos poucos pontos de mata atlântica preservada na cidade. Por isso a importância de se preservar tal região de Aracaju.
Um dos principais atrativos do parque é o teleférico, com um custo de aproximadamente R$ 16 (podendo sofrer alterações), proporciona uma vista completa do local. A vista da cidade, lá de cima, é muito bonita.
Praia da Caueira

Mais uma bela praia, localizada a apenas 30 quilômetros de Aracaju, já no município de Itaporanga d'Ajuda, onde o acesso à praia pode ser feito pela BR-101 ou atrvés da SE 438. É um lugar lindo, com belas praias e palmeiras, onde proporciona aos visitantes fins de tardes inesquecíveis.

Conte para nós as suas experiências!

Aracaju: bonita e bem cuidada


Para quem não a conhece, Aracaju é capital do Estado de Sergipe, e, apesar de ser a menos populosa das capitais nordestinas, sua localização é um importante ponto estratégico no que diz respeito a centro urbano, econômico, cultural e político para o país.
Algumas curiosidades
Aracaju é a capital com menor desigualdade do Nordeste. Com hábitos de vida mais saudáveis do país, ciclovias conservadas, com projetos de deslocamento urbano e considerada a capital do país com menor índice de fumantes, é um lugar para se viver bem.
A capital de Sergipe também é considerada uma das mais baratas para se viver, tendo focado mais recentemente suas ações turísticas na criação de alojamentos coletivos de qualidade, tais como os mundialmente conhecidos hostels.

Origem do nome
O nome "Aracaju" pode ter origem no termo tupi arákaîu, que significa "cajueiro das araras" (ará, arara + akaîu, cajueiro) traduzido diretamente do tupi é cajueiro das araras.
Conta-se que antigamente, onde hoje está a Avenida Ivo do Prado, era a Rua da Aurora, rua que serviu de base para que se projetassem todas as outras do centro da cidade, onde hoje também se encontra a praça Olímpio Campos, ou praça da Catedral. Nessa rua, havia vários cajueiros em toda a sua extensão e alguns papagaios e araras pousavam nos galhos para comer e descansar. Desse fato, temos a visão de onde surgiu o nome Aracaju (ara= arara ; caju= cajueiro). 

Praia de Atalaia
A Praia de Atalaia possui mar agitado, sendo muito procurada por surfistas. Sua orla de areia grossa atrai dia e noite moradores e visitantes, não é por acaso. Com uma das melhores infraestruturas de Sergipe, Atalaia tem a orla mais completa para diversão e lazer. 
 
Com seis quilômetros de extensão, o local conta com o Centro de Arte e Cultura de Sergipe e, na época de São João, o local se transforma em uma vila inteira com muito forró e quitutes. Um pouco para frente está a sede do Projeto Tamar de preservação das tartarugas marinhas. Se você visitá-lo na hora do almoço dos bichinhos, você poderá ter a oportunidade de dar na boca a refeição do tubarão.


Museu da Gente Sergipana
O prédio foi construído em 1926 que hoje abriga o museu era conhecido na capital sergipana como Atheuzinho. Ele foi restaurado pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese), em parceria com o Governo do Estado. O museu ganhou o prêmio O Melhor da Arquitetura em 2012 e foi eleito a Atração do Ano em 2013. 
Inaugurado como museu em 2011, abriga um espaço multimídia de última geração, sendo comparado em pé de igualdade com grandes museus, como o Museu da Língua Portuguesa, de São Paulo.

O Museu se apresenta como o “primeiro museu de multimídia interativo do Norte e Nordeste”. Na entrada há uma mapa interativo do Estado de Sergipe,onde é possível ouvir o sotaque dos habitantes de cada região.

Parque da Cidade
Com muita natureza, o Parque da Cidade é utilizado pela população local para curtir momentos de lazer e fazer caminhadas. Como é uma região de montanha, se você quiser subir a pé para conhecer o parque todo, é importante ir bem disposto.
Além disso, o Parque da Cidade de Aracaju é um dos poucos pontos de mata atlântica preservada na cidade. Por isso a importância de se preservar tal região de Aracaju.
Um dos principais atrativos do parque é o teleférico, com um custo de aproximadamente R$ 16 (podendo sofrer alterações), proporciona uma vista completa do local. A vista da cidade, lá de cima, é muito bonita.
Praia da Caueira

Mais uma bela praia, localizada a apenas 30 quilômetros de Aracaju, já no município de Itaporanga d'Ajuda, onde o acesso à praia pode ser feito pela BR-101 ou atrvés da SE 438. É um lugar lindo, com belas praias e palmeiras, onde proporciona aos visitantes fins de tardes inesquecíveis.

Conte para nós as suas experiências!

0 Comentários